Translate this site into your language!

Publicações Recentes

domingo, 20 de abril de 2014

Estudo afirma que pessoas que frequentam a igreja regularmente tem uma vida amorosa mais saudável

domingo, 20 de abril de 2014 - by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Um estudo realizado recentemente por pesquisadores da Universidade do Porto, em Portugal, revelou que as pessoas que frequentam uma igreja regularmente tem uma vida amorosa mais saudável do que os não frequentadores.

O estudo foi conduzido pesquisadores Félix Neto e Maria da Conceição Pinto. Além do fator religioso, foram avaliados também outros fatores da vida dos pesquisados, como idade, e estilo de vida.

- Em contraste com o passado de muita investigação sobre o amor, a nossa pesquisa utilizou uma amostra de adultos que representam uma ampla gama de idade. Concentrando-se em exploração de variações de idade na satisfação com a vida amorosa, a pesquisa mostrou uma visão abrangente das diferenças e semelhanças entre a vida adulta – afirmaram os pesquisadores.

Enquanto a pesquisa apresentou dados valiosos para uma avaliação, Ron Rose, diretor do Faith Coaching Network afirma que os pesquisadores não exploraram o porquê de os frequentadores regulares de igrejas estarem mais satisfeitos com seus relacionamentos.

Ele resume afirmando que a religião e a frequência em uma igreja não são uma chave para os relacionamentos, mas sim que tais relacionamentos saudáveis nascem da postura de vida adotada pelas pessoas que tem uma consciência religiosa.

- Eu descobri que frequência à Igreja é um não a chave, mas é o resultado de um estilo de vida menos egoísta e mais altruísta – afirmou Rose.

- E a consciência muda tudo. Nós fiéis acreditamos que existe algo maior do que nós neste mundo. Há uma grande aventura compartilhada na realidade. Essa é a boa notícia – completou.

Fonte: Gospel+

"Brincadeira" perigosa: Estudantes prendem a respiração até desmaiarem

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Escolas brasileiras começaram a alertar os pais para uma prática perigosa que os adolescentes têm feito até mesmo dentro das salas de aula. É o chamado “jogo do desmaio”. Os vídeos se espalharam pela internet e o que parece uma brincadeira pode até levar à morte.

Em uma escola em Copacabana, o tema está sendo debatido na sala de aula. Os pais também receberam um comunicado com orientações sobre como tratar desse assunto com os filhos.

A jogo têm por objetivo diminuir a quantidade de sangue no cérebro. Na queda podem ocorrer lesões pelo corpo e até traumatismo craniano. Se existir alguma pré-disposição, o adolescente pode sofrer uma parada cardíaca e a falta de oxigênio no cérebro pode deixar sequelas graves, para o resto da vida.

“Ele pode ter alterações tanto da fala, quanto da parte motora, não só da face como também dos membros, alterações visuais e também prejuízo na interpretação do raciocínio”, alerta o cardiologista Stephan Lachtermacher.


Fonte: Verdade Gospel/G1

Sangue artificial: cientistas querem começar a testar em humanos; entenda

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Sangue artificial deve começar a ser testado em humanos até 2016

Cientistas britânicos querem começar a testar sangue artificial pela primeira vez em humanos nos próximos três anos. Eles planejam iniciar a primeira fase de testes com voluntários no final de 2016 ou no início de 2017.

Por trás da iniciativa está um consórcio de universidades e órgãos do governo do Reino Unido que já vem produzindo células sanguíneas a partir de células-tronco.

As células-tronco são aquelas capazes de se transformar em qualquer outra célula do corpo humano. Muitos estudiosos apostam nelas como a chave para a cura de inúmeras doenças.

Cultivadas em laboratório, as células sanguíneas poderiam ser, assim, usadas para transfusões, evitando uma série de problemas comumente observados nesse processo, como o risco de transmissão de infecções, a incompatibilidade com o sistema imunológico do receptor e a possibilidade de excesso de ferro no sangue do doador.

Além disso, se for bem sucedido, o projeto permitirá aumentar a oferta de sangue disponível para transfusões.

Muitos países do mundo, como o Brasil, sofrem com o estoque dos bancos de sangue, que, alimentados por doações públicas, são insuficientes para atender a crescente demanda pelo material.

Segundo os envolvidos na pesquisa, o uso de células sanguíneas cultivadas em laboratório também apresentaria uma vantagem clínica em relação ao sangue colhido de doadores.

Isso porque, de acordo com os cientistas, as células produzidas artificialmente são mais novas e têm maior longevidade.

“Produzir uma terapia celular que leve em conta a escala, a qualidade e a segurança exigidas para testes clínicos em humanos é um desafio muito grande. Mas se tivermos êxito, poderemos garantir a populações de diferentes países o benefício dessas transfusões de sangue”, afirmou Marc Turner, professor da Universidade de Edimburgo, na Escócia, e responsável pelo projeto.

“Os testes que faremos também fornecerão informação de valor a outros pesquisadores no desenvolvimento de terapias celulares”, acrescentou.

Técnica

Turner e sua equipe usaram uma técnica que cria células do sangue a partir de células-tronco pluripotentes induzidas, também conhecidas como células iPS ou iPSCs.

Por esse artíficio, as células doadoras são isoladas e cultivadas. Posteriormente, transferem-se para elas os genes das células-tronco associadas por meio de vetores virais.

Ao final do processo, as células-tronco pluripotentes induzidas são estimuladas por uma substância química para se transformar em células do sangue do tipo O, raro e universal.

Segundo Turner, é provável que os testes sejam feitos em três pacientes com talassemia, uma doença que acomete o sangue e exige transfusões contínuas.

O comportamento das células sanguíneas produzidas artificialmente será monitorado durante os testes, acrescentou o pesquisador.

Ele, no entanto, ressalva que ainda há um longo caminho a percorrer para produzir sangue artificial em escala “industrial”.

Atualmente, o custo para uma única transfusão de sangue é de 120 libras no Reino Unido, ou R$ 360.

Para Turner, se os testes forem eficazes, esses custos poderão ser reduzidos substancialmente no futuro.

Fonte: Verdade Gospel/BBC Brasil

Aluna evangélica é proibida de estudar por usar saia em escola

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Estado defende decisão de diretor de escola pública, mas especialistas criticam restrição à liberdade religiosa

Um impasse envolvendo o uso de uniforme está causando polêmica na escola estadual Caic Euclides da Cunha, em Rio das Pedras, bairro do Rio de Janeiro. Com o sonho de se formar no ensino médio, a diarista Ana Cristina Silva Torres, de 37 anos, contou que, há cerca de duas semanas, foi impedida de frequentar as aulas do curso de Educação Para Jovens e Adultos (EJA), à noite, porque a direção da unidade proibiu o uso de saia para as alunas. Nos últimos dias, Ana Cristina conseguiu voltar a estudar, mas ainda não sabe como sua situação será resolvida. A Secretaria estadual de Educação informou que existe um padrão de uniforme escolar na rede pública de ensino, composto por calça, camisa e tênis, que deve ser respeitado por todos os alunos.

“Sou evangélica e a saia é a vestimenta que eu costumo utilizar no meu dia a dia. Não é nem que a religião me obrigue a só usar saia, mas é como eu me sinto bem. A direção da escola foi trocada e o novo diretor disse para mim que não podia abrir mão do (uso) do uniforme, e que iria cortar o meu nome da lista de alunos matriculados no colégio. E ele nem quis conversar, ouvir meus argumentos. Foi uma situação que me deixou muito magoada”, contou a diarista.

Ana Cristina era analfabeta até seis anos atrás, quando começou a estudar, pensando principalmente em poder acompanhar os estudos das duas filhas. Depois de completar a alfabetização, a diarista resolveu fazer o curso supletivo do ensino fundamental e agora se esforça para conseguir o diploma do ensino médio.

“Essa decisão me pegou de surpresa. (O diretor) falar que iria cortar meu nome da lista (dos matriculados) foi um golpe num sonho que eu tenho desde criança, de conseguir me formar. Os meus pais não me deixaram estudar. Hoje, é um objetivo não só meu como também das minhas filhas. É como se tivessem jogado um balde de água fria na gente”, acrescentou Ana Cristina.

Em nota, a secretaria argumentou que “todas as escolas, (das redes) pública ou privada, têm que possuir regras, como o uso do uniforme, para garantir a segurança de toda a comunidade escolar. Os direitos e deveres são para todos, independentemente da religião que professem”.

Sobre o caso específico da diarista, a secretaria disse ainda que “caso o diretor abra exceção, terá que liberar para todos, acabando com o uso do uniforme”. E concluiu afirmando que a estudante foi a única pessoa que se recusou a frequentar a escola com o padrão exigido de calça, camisa e tênis.

Comparação à proibição do uso de burca na França

Especialistas ouvidos pelo ‘Globo’ foram unânimes em questionar a postura da escola e da secretaria. Consideram que o exercício da manifestação religiosa, refletido na roupa, não pode ser tolhido. O coordenador geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, compara a restrição de que a aluna foi vítima à situação das estudantes muçulmanas na França, que foram proibidas de usar a burca para ter acesso às escolas: “É uma luta entre o sistema de ensino, querendo impor regras de comportamento, versus uma opção religiosa. A restrição é equivocada, e tanto a identidade individual quanto sua cidadania estão sendo desrespeitadas”.

O educador destaca que a escola é laica, o que não significa que ela tenha que obrigar um padrão de comportamento e impedir a manifestação religiosa.

O sociólogo e diretor do Iuperj, Geraldo Tadeu Monteiro, chama atenção para semelhanças entre a situação carioca e a polêmica nas escolas francesas, em que “uma norma religiosa colide com uma outra norma, secular”:

“A estudante não está pedindo nada de mais, ela não quer ficar nua, por exemplo. E a obediência às normas religiosas não traz prejuízo aos outros alunos. Pelo que temos visto em termos de decisão judicial nos últimos tempos e pela nossa cultura, é possível que a Justiça se posicione favoravelmente à aluna”.

Ao ser informada pelo ‘Globo’ sobre a polêmica, a Comissão de Direitos Humanos da OAB/RJ ofereceu amparo jurídico à estudante. O vice-presiente da comissão, Aderson Bussinger, defende que, frente a uma situação de convicção religiosa “profunda”, tem que haver flexibilidade. Diz que o caso deve ser tratado como algo de caráter excepcional, para que ela use a roupa que quiser.

“Considerando o preceito da liberdade religiosa como causa pétrea da nossa Constituição e uma questão internacional de direitos humanos, a escola tem que se adequar a essa realidade religiosa”.

Fonte: Verdade Gospel/O Globo

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Vergonha! SBT cede à pressão e ‘censura’ Rachel Sheherazade; Pr. Silas comenta

quinta-feira, 17 de abril de 2014 - by Pr Rafael Aguiar · - 4 Comments


Depois de todas as polêmicas envolvendo o nome da jornalista Rachel Sheherazade, âncora do “SBT Brasil” que tinha carta branca para emitir sua própria opinião no vídeo, o canal de Silvio Santos resolveu moderar a participação da apresentadora. Em nota divulgada na tarde desta segunda-feira (15), o SBT informa que a partir de agora os comentários em forma de editorial em seus telejornais serão de responsabilidade do canal.

A assessoria do canal informa ainda que a apresentadora poderá ler comentários que não serão mais de sua autoria.

Leia nota na íntegra:

“Em razão do atual cenário criado recentemente em torno de nossa apresentadora Rachel Sheherazade, o SBT decidiu que os comentários em seus telejornais serão feitos unicamente pelo Jornalismo da emissora em forma de Editorial. Essa medida tem como objetivo preservar nossos apresentadores Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto, que continuam no comando do SBT Brasil”.

Pr. Silas comenta:

Que vergonha! Que ridículo! O SBT ceder às pressões de partidos, tais como PSOL, PC do B e do PT. Partidos esses, que idolatram Fidel Castro, o governo da Venezuela e suas ideologias baseadas em Marx. Na verdade, de democráticos eles não tem nada. Usam a democracia para se estabelecerem, mas querem calar qualquer que tenha a liberdade de se expressar.

A DEMOCRACIA DO BRASIL CORRE GRANDE PERIGO! Uma jornalista, na maior cara de pau, é silenciada. Liberdade de expressão para todo mundo falar a mesma coisa é ditadura da opinião.

Sabe qual é a verdade que está por detrás dessa questão? É que o SBT recebe milhões de verbas publicitárias do governo, e ter uma jornalista independente é um perigo!

Imagine Sheherazade agora falando da roubalheira da Petrobras. É o governo silenciando a jornalista!

SBT, que vergonha!

UM ALERTA AO POVO DE DEUS: HOJE ESTÃO SILENCIANDO UMA JORNALISTA, AMANHÃ VÃO QUERER SILENCIAR OS PASTORES.

Em 2011, no fórum de Porto Alegre, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, que é um dos ideólogos do PT, disse: “Temos que fazer uma disputa com os pastores evangélicos pelas classes C e D”.

Depois não digam que eu não avisei!

Quem tem Fidel Castro como ídolo, como o partido que governa o Brasil, imagina o que eles pretendem fazer em relação à igreja evangélica brasileira.

Sheherazade é a prova contundente e clara da pressão desses partidos, que de democráticos não tem nada, apenas a usam para seus fins ideológicos.

Fonte: Verdade Gospel

Ator que interpretou Barrabás em “A Paixão de Cristo” lança livro sobre sua conversão durante as filmagens

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


O ator italiano Pietro Sarubbi, que interpretou Barrabás no filme “A Paixão de Cristo”, lançou um livro em que contou seu testemunho de conversão, que aconteceu durante as filmagens do longa metragem.

Afirmando ter vindo de um histórico onde sempre interpretou “papéis obscuros”, ele conta que nunca esperou atuar em um filme sobre a história de Jesus, sobretudo por causa de seu distanciamento em relação à religião.


- Eu nunca imaginei que eu pudesse atuar em um filme sobre a Paixão de Cristo, porque na época era muito longe da igreja – afirmou o ator, ressaltando ainda que seu único objetivo ao se candidatar a um papel no filme foi financeiro.

- A verdade é que eu queria atuar como o apóstolo Pedro não por algo espiritual, mas porque pagam por dia de trabalho, e Barrabás apareceu muito rapidamente. Então eu argumentei que eu era uma pessoa famosa e não poderia me dar um pequeno papel – explicou o ator.

Porém, ele afirma que a participação no filme foi crucial para sua vida e, sobretudo, para sua conversão ao evangelho. Segundo ele, sua relação com o personagem, e com a fé, começou a mudar quando conversou com Mel Gibson, diretor do filme, sobre o personagem que iria interpretar.

Ao lhe dar mais detalhes sobre o personagem, Gibson o explicou que Barrabás não era apenas um bandido, mas sim um homem que foi torturado e levado ao limite, a um ponto de “começou a virar uma besta”.

- É por isso que eu escolhi você… depois de pesquisar, você parece encarnar tanto o animal selvagem e, ao mesmo tempo, guardar no fundo do coração um homem bom – teria afirmado Mel Gibson a ele.

Ele conta que o grande impacto em sua vida aconteceu na gravação da cena em que o povo perdoou Barrabás e condenou o Messias… Segundo ele, de repente Pietro Sarubbi e Barrabás, na alma do ator, eram um só. A cena progrediu e ele afirma que já não atuava, mas vivia, e os eventos em vibraram em todo seu ser. Finalmente os gritos da multidão tinham alcançado o seu desejo, ele, Barrabás, foi libertado. Segundo relata, ele então desceu os degraus e seus olhos encontraram com a ternura infinita dos olhos Jesus.

- Foi um grande impacto. Eu me senti como se tivesse uma corrente elétrica entre nós. Eu via o próprio Jesus – afirma.

É essa a história que ele contra em detalhes no livro “Da Barabba a Gesù – Convertito da uno sguardo” (“De Barrabás a Jesus, convertido por um olhar”, em tradução livre), afirmando que a partir daquele momento sua vida sofreu uma profunda transformação.

Assista à cena de Barrabás sendo libertado no filme:

Fonte: Gospel+

Cientistas descobrem o planeta mais parecido com a Terra já encontrado

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Ilustração artística de como pode ser o planeta Kepler-186f. Segundo astrônomos, é o planeta mais parecido com a Terra já encontrado (Foto: NASA Ames, SETI Institute, JPL-Caltech, T. Pyle/AP)


Astrônomos do Telescópio Espacial Kepler anunciaram nesta quinta-feira (17) uma grande descoberta espacial: eles encontraram um planeta extremamente parecido com a Terra, a ponto de gerar especulação sobre a possibilidade de ser habitável e de ter água em forma líquida.

O planeta foi batizado de Kepler-186f, porque ele é o sexto planeta em órbita da estrela-anã Kepler-186. Ele fica na constelação de Cisne, a cerca de 500 anos-luz da Terra. Isso significa que, para chegar lá, é preciso viajar por quinhentos anos na velocidade da luz.

O planeta tem quase o mesmo tamanho da Terra: ele é cerca de 10% maior do que nosso planeta natal. Mas o que mais empolgou os cientistas é que ele está na chamada "zona habitável" – nem tão distante de sua estrela a ponto da água congelar, nem tão perto a ponto da água evaporar. Assim como a Terra, Kepler-186f está a uma distância de sua estrela onde seria possível ter água em sua forma líquida, um pré-requisito para a vida como conhecemos.

Astrônomos acreditam que existam milhões de planetas como a Terra no Universo. O problema é que, como planetas não têm luz própria, e muito difícil identificá-los. Por isso a importância da metodologia usada pelo Telescópio Kepler. Ele primeiro identifica a estrela. Sempre que um planeta passa entre a estrela, a luz recebida pelo telescópio diminui. Calculando essa variação, os astrônomos conseguem descobrir o tamanho e a órbita do planeta.

No caso de Kepler-186f, os pesquisadores já sabem que ele é provavelmente um planeta rochoso – diferentemente dos planetas gasosos como Júpiter e Saturno. Também sabem a duração do ano no planeta: cerca de 130 dias. Mas ainda há muitas informações que o Kepler não consegue identificar, como a gravidade ou atmosfera do planeta.

Fonte: Época

quinta-feira, 10 de abril de 2014

filme “Noé” causa aumento de leitura da Bíblia em aplicativos, diz empresa de tecnologia

quinta-feira, 10 de abril de 2014 - by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


O filme Noé, baseado na narrativa bíblica, recebeu críticas negativas de muitos cristãos nas redes sociais por conta das licenças poéticas usadas pelos roteiristas e pelo diretor Daren Aronofsky. No entanto, a reprovação à maneira como o filme conta a história do dilúvio, causou um movimento curioso: mais pessoas estão lendo a Bíblia.

A informação foi divulgada por uma empresa fabricante de um aplicativo de leitura da Bíblia para tablets e smartphones, que detectou um aumento de 300% no uso do aplicativo nos Estados Unidos e cerca de 245% nos demais países onde a ferramenta está disponibilizada.
 

A empresa YouVersion, desenvolvedora do aplicativo, ressaltou ainda que esse foi o maior pico de aumento de leitura da Bíblia através de sua ferramenta desde que ela havia sido lançada. Esse dado corrobora a opinião do pastor e cantor gospel Jesús Adrián Romero, que assistiu o filme e rebateu as críticas à produção, dizendo que havia sido “profundamente tocado pela mensagem”, e que o longa-metragem era uma grande oportunidade de evangelização.


O fenômeno de busca da leitura da Bíblia também foi registrado pelo portal Bible Gateway, que disponibiliza o conteúdo das escrituras. Segundo o Charisma News, o aumento registrado nesse caso foi de 223%.

“A maioria dos membros de nossa igreja contam que primeira coisa que fizeram após ver o filme foi abrir suas Bíblias e reler a história”, relatou o pastor Benny Perez, pastor da Igreja em South Vegas, que enxergou o resultado como positivo.



Fonte: Gospel+

Avião da Malásia foi alvo de terrorismo e passageiros estão vivos, diz jornal russo

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


O jornal russo Moskovsky Komsomolets divulgou nesta quarta-feira (09) supostas informações sobre o avião da Malaysia Airlines desaparecido há mais de um mês. Segundo uma fonte anônima, que supostamente pertence a um serviço de segurança nacional não identificado, o avião teria sido alvo de um atentado terrorista e os passageiros do voo MH-370 estariam vivos em Candahar, no Afeganistão.

De acordo com informações do jornal, os passageiros foram divididos em sete grupos para melhor organização dos sequestradores. Para ele, os especialistas que estavam no voo seriam utilizados nas negociações com o governo americano ou chinês.

O especialista em investigação de acidentes Evgeny Kuzmin, confirmou que um avião daquele modelo poderia pousar em uma estrada de terra convencional, livre de árvores ou montanhas. Ele explicou também que se o pouso for emergencial ou em local inapropriado, pode quebrar parte dele, principalmente a asa.

O jornal também entrevistou Sergey Melnichenko, membro da Fundação russa de Segurança de Voo, que informou que a Tailândia, a Índia e o Paquistão não têm o costume de rastrear aeronaves. Por isso, ele acredita que de fato o MH-370 pode não ter sido rastreado.

Na última segunda-feira (7), o governo da Austrália que comanda as buscas pelo avião desaparecido detectou dois sinais parecidos com os emitidos pelas caixas-pretas. A primeira transmissão teria durado duas horas e vinte minutos e a segunda, apenas 13 minutos.

As informações divulgadas pelo jornal não foram confirmada pelas autoridades.

Deixe seu comentário no Ieadesi Maranhão

Fonte: Verdade Gospel/R7

Milhares de fiéis formam escudo humano para impedir demolição de igreja na China

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Para evitar a demolição de uma igreja recém-inaugurada, milhares de cristãos formaram um escudo humano em torno do templo na província de Zhejiang, na China. As autoridades do país haviam ameaçado demolir a igreja por considerarem a construção muito grande.

Localizado na cidade de Wenzhou, o templo da Igreja Cristã Sanjiang custou mais de US$ 4,8 milhões e levou seis anos para ficar pronto. A cidade é considerada uma das que mais concentram cristãos no país.

De acordo com Charisma News, milhares de fiéis se reuniram em frente à igreja na última sexta-feira, 04 de abril, para evitar que as equipes de demolição tivessem acesso ao templo. No grupo haviam idosos e deficientes.

“Eu dormi aqui ontem à noite e eu vou fazer o mesmo outra vez esta noite. Nós colocamos dois bancos juntos, então foi tudo bem. Sentimo-nos em paz e sem medo quando estamos com o nosso Deus”, afirmou Ele Hongying, um senhor de 81 anos, membro da igreja.

A polêmica decisão de demolir o templo foi tomada por um secretário do Partido Comunista, que governa o país. Na opinião do político, o tamanho da igreja era excessivo. “Quando o secretário Xia Baolong visitou as áreas locais, ele encontrou a cruz no topo da igreja muito visível. Assim, ele ordenou que fosse demolida. Em seguida, os funcionários do condado Yongjia exigiu que a igreja derrubasse a cruz e o topo da igreja”, afirmou Zheng Leguo, um dos líderes de jovens.


A partir daí, centenas de policiais com tratores cercaram a igreja na quinta-feira à noite, 03 de abril. Alguns fiéis, no entanto, já estavam no local. “Eu segurei suas mãos e disse: ‘Camaradas, não derrubem a nossa cruz. Posso dar-lhe a minha cabeça em vez disso”, afirmou Yang Zhumei, 74 anos, uma das fiéis no local. “Mesmo que eles tomam minha cabeça, eu ainda posso encontrar a felicidade com Deus”, acrescentou a idosa.

A Igreja Cristã Sanjiang faz parte do Movimento Patriótico das Três Autonomias (MPTA), uma organização cristã protestante da China que é reconhecida pelo governo. De acordo com analistas políticos locais, a ordem de demolição da igreja é “altamente incomum”, justamente pelo fato de a denominação não ser considerada irregular.

Em novembro de 2013, quase duas dezenas membros de igrejas pertencentes ao MPTA, incluindo um pastor, foram presos na província de Henan, em uma repressão contra o ativismo comunitário da denominação local. Os cristãos que frequentam reuniões domésticas e formam a chamada “igreja ilegal” na China são aproximadamente 80 milhões, e estão sujeitos a perseguição religiosa.

“Apelamos às autoridades na província de Zhejiang de rescindir imediatamente as suas ordens para a demolição de Igreja Cristã Sanjiang. Esta igreja foi legalmente construída e tem todo o direito de existir em uma nação que afirma fortemente, pelo menos em parte da comunidade internacional, a respeitar a liberdade religiosa de seus cidadãos”, declarou Ryan Morgan, gerente regional na Ásia da International Christian Concern (ICC), entidade que atua na proteção aos cristãos.

Fonte: Gospel+

Cristão acusado de blasfêmia contra Maomé é condenado à morte; Apelo da sentença ainda não foi julgado

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Um cristão paquistanês foi condenado à morte por supostamente ter blasfemado contra Maomé, considerado profeta pelos muçulmanos, e agora apela da sentença na Suprema Corte de Lahore, de acordo com a Missão Portas Abertas.

Sawan Masih, 26 anos e pai de três filhos, foi considerado culpado de ofensas a Maomé e sentenciado à morte no último dia 27 de março. O episódio que gerou as acusações foi uma disputa de propriedade entre Masih e um amigo muçulmano.

A repercussão das supostas ofensas ao profeta islâmico geraram protestos populares na cidade de Lahore, a segunda maior do país asiático. “As alegações de blasfêmia contra o Islã são levadas muito a sério no Paquistão, onde 97% da população é muçulmana. Vários casos recentes elevaram a preocupação internacional sobre a aplicação das leis de blasfêmia no país”, afirmou a Portas Abertas em comunicado. “Desde a década de 1990, dezenas de cristãos foram condenados por profanar o Alcorão ou blasfemar contra o profeta Maomé. Enquanto a maioria deles foi condenada à morte pelos tribunais, muitos casos foram derrubados por falta de provas”, acrescenta o documento.

A apelação de Masih foi apresentada à Suprema Corte no último dia 01 de abril, e agora ele aguarda a decisão sobre a sentença. A Portas Abertas destaca que uma acusação de blasfêmia pode ser registrada pelas autoridades com pouca ou nenhuma evidência, o que resulta em muitas falsas denúncias e condenações injustas.

“Ore para que essa situação seja resolvida e Masih consiga provar sua inocência”, pede o comunicado da Missão Portas Abertas.

Fonte: Gospel+

Escritor gay afirma que conceito da “orientação homossexual” é invenção moderna e admite que questão seja comportamental

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Um escritor gay afirmou que a orientação sexual de pessoas que se sentem atraídas pelo mesmo sexo é uma invenção moderna, e que nenhuma pessoa nasce homossexual.

David Benkof afirmou em seu artigo, publicado no jornal Daily Caller, que os historiadores realizaram um estudo sobre o tema e chegaram à conclusão de que o conceito de orientação sexual da homossexualidade não existia a cerca de 150 anos atrás.

No texto, Benkof frisa que embora relações e comportamento homossexual tenha existido ao longo da história da humanidade, o conceito de “orientação homossexual” não existiu em nenhuma outra cultura.

Boa parte dos dados usados no estudo foram extraídos de pesquisas acadêmicas feitas por estudiosos ligados ao movimento LGBT, segundo informações do Charisma News. Essas pesquisas também não encontraram o que poderia ser classificado como o “gene gay”, que pudesse levar o indivíduo a nascer orientado como homossexual.

“A base destas reivindicações é que a orientação sexual, como parte da identidade de uma pessoa, é inteiramente uma invenção moderna. Mesmo na cultura grega, onde o comportamento homossexual é conhecido por ter ocorrido, a linha de raciocínio, não há nada para mostrar, mesmo que uma minoria, de indivíduos identificados como gays ou homossexuais. Em vez disso, a homossexualidade foi supostamente considerada um suplemento para os relacionamentos heterossexuais regulares”, comentou Alex Kockman, colunista do Charisma, acrescentando que “em outras palavras, a ‘orientação sexual’ não é um identificador de núcleo como raça ou gênero; é totalmente uma construção social”.

A partir dessas constatações, e possível compreender o motivo de a Bíblia não mencionar de forma direta e objetiva as questões de “orientação homossexual”, uma vez que o conceito não existia na época, apesar de ser sabido que as relações homossexuais aconteciam.

“A Bíblia não menciona diretamente a ‘orientação homossexual’, porque o conceito de orientação sexual não existia, tanto na Escritura e na maior parte da história (como sabemos agora). A Bíblia claramente condena as ações e desejos homossexuais, juntamente com qualquer tipo de ação ou desejo sexual fora do casamento, a exemplo de Gênesis 05:02, Levítico 18:22 e 20:13, Mateus 5:28, Romanos 1:27 e 1 Coríntios 6: 9-11, que não deixam margem para dúvidas”, concluiu Kockman.

Fonte: Gospel+

Rachel Scheherazade desmente que tenha sido afastada do SBT e afirma que continuará falando o que pensa!

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


A jornalista Rachel Scheherazade interrompeu suas férias para negar que a folga concedida pelo SBT fosse na verdade, um afastamento de suas funções por conta de pressões feitas pela deputada federal Jandira Feghali (PCdoB).

A polêmica se iniciou quando a jornalista disse compreender a atitude dos “justiceiros” que algemaram um “marginalzinho” menor de idade a um poste por suspeita de participação em roubos. O comentário rendeu aplausos e críticas de telespectadores e internautas. Para Feghali, a jornalista fez incitação ao crime, e pediu ao governo que a verba publicitária destinada ao SBT fosse suspensa.

Diante desse cenário, as férias da jornalista evangélica foram interpretadas como afastamento, e muitos internautas chegaram a dizer que o SBT não queria perder dinheiro ou sofrer sanções do governo.

“Mais uma vez desfazendo boatos. Estou de férias e volto à bancada do ‘SBT Brasil’ no dia 14 de abril (segunda-feira)”, escreveu Rachel em sua página no Facebook. Em entrevista à Folha de S. Paulo, revelou que a folga havia sido programada desde antes da polêmica: “Estou de férias (12 dias) no Nordeste! Já estavam programadas há três meses. Volto segunda-feira, se Deus quiser”.

Rachel ainda pontuou que manterá seu estilo, polêmico e contundente, de comentar os fatos que são narrados pela reportagem da emissora: “Continuarei. E quando não mais eu falar, vocês saberão que a censura venceu a liberdade de expressão!”.

Fonte: gospel+

domingo, 6 de abril de 2014

Após 15 anos de escavação, arqueólogos encontram cidade onde ocorreu a consagração de Salomão como rei de Israel

domingo, 6 de abril de 2014 - by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Recentemente, um grupo de arqueólogos revelou o descobrimento da chamada “Cidade da Primavera”. Segundo os estudiosos, o local é descrito no livro bíblico de Reis como sendo protegida pela fonte de Giom, e como o lugar onde Salomão foi ungido pelo sacerdote Zadoque como rei, por ordem de Davi, seu pai.

A Cidade da Primavera foi construída para guardar e proteger a água da cidade de inimigos que tentavam dominá-la. Ela também era usada para proteger os cidadãos que iam até lá buscar água no caminho de volta para suas casas.

Considerada uma das pesquisas arqueológicas mais complexas já realizadas em Israel, a escavação levou 15 anos de trabalho e aconteceu na Cidade de Davi, no Parque Nacional de Davi, em Jerusalém.

Segundo o Jerusalém Post, o grupo de arqueólogos, que foi liderado pelo professor Ronny Reich, da Universidade de Haifa, e Eli Shukrun, integrante da Autoridade de Antiguidades de Israel, acredita que a Cidade da Primavera tem pelo menos 3800 anos. Ela seria a maior fortaleza cananeia que resistiu ao tempo, e também a maior fortaleza que existiu antes do reinado de Herodes.

Veja fotos do local:






Fonte: Gospel+

sábado, 5 de abril de 2014

Escolas cristãs no Paquistão conquistam apoio de muçulmanos por conta de trabalhos sociais relevantes

sábado, 5 de abril de 2014 - by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


As escolas cristãs no Paquistão, país de maioria islâmica, tem se estabelecido e alcançado sucesso a partir do apoio dos líderes muçulmanos das regiões onde estão instaladas. O caso raro de cooperação entre cristãos e muçulmanos tem trazido benefícios sociais ao país.

A Murree Christian School, construída a 7 mil metros de altitude, na base das montanhas do Himalaia, é um dos exemplos. Instalada no local desde 1956 por missionários anglicanos, a escola recebe alunos de 4 a 12 anos de idade.

Há 12 anos, foi alvo de um ataque terrorista, quando no dia 6 de agosto de 2002, quatro homens armados invadiram o local e mataram seis paquistaneses. Hoje, a escola não aparenta marcas do ataque, e faz um trabalho importante para a sociedade: além de educar, serve de ponto de contatoe equilíbrio entre cristãos e muçulmanos.

“Nós amamos e respeitamos nossos professores cristãos… E eles a nós. Nunca duvidei que a harmonia e a cooperação entre grupos religiosos eram possíveis. Não apenas possível, mas também completamente normal”, diz Akbar Ahmed, uma das maiores autoridades sobre o Islã, professor de uma universidade americana e ex-embaixador do Paquistão no Reino Unido.

Segundo o Christian Headlines, Ahmed contou que ele se formou numa escola cristã semelhante à Murree, e que estas instituições tem feito bem ao Paquistão: “Um dos meus companheiros de classe tornou-se presidente do país”, disse ele, acrescentando que outros colegas de classe se tornaram generais ou líderes influentes.

“Foi sempre um paradoxo. O Paquistão é essencialmente um país muçulmano. Noventa e oito por cento do país é muçulmano, e ainda assim, no meu tempo, as escolas mais populosas eram as escolas cristãs”, disse ele, citando seu caso como exemplo.

O benefício da influência das escolas cristãs no Paquistão vai além da educação, segundo o professor Robert Woodberry, sociólogo que leciona na Universidade Nacional de Cingapura: “As áreas onde missionários protestantes tiveram uma presença significativa no passado são, em média, mais desenvolvidas economicamente hoje, com melhor saúde, menor mortalidade infantil, menor corrupção, maior alfabetização, maior escolaridade (especialmente para as mulheres), e participação mais robusta em organizações não-governamentais”, contextualizou, acrescentando que “mesmo em locais onde houve poucas pessoas convertidas, [os missionários] tiveram um impacto econômico e político profundo”.

Fonte: Gospel+

Escritor abandona islamismo após sonhar com Jesus e sugere estratégia de evangelização de muçulmanos

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Um escritor de origem muçulmana e convertido ao cristianismo sugeriu estratégias de evangelismo a adeptos do islamismo. Nabeel Qureshi revelou que se converteu ao Evangelho através de sonhos e muitas conversas com amigos cristãos, comparando as duas tradições religiosas.

No livro Seeking Allah, Finding Jesus (“Procurando Alá, Encontrando Jesus”, em tradução livre), o escritor conta que cresceu acostumado a ouvir de seus pais que o cristianismo era uma “influência corruptora”, e que ele deveria ter orgulho da herança islâmica.

No entanto, em contato com amigos cristãos, passou a estudar a fé baseada na Bíblia, e após sonhar com Jesus, passou a acreditar na mensagem do Evangelho.

Segundo o autor, no islamismo os sonhos são muito valorizados pois os muçulmanos “não esperamque Deus fale com eles de forma direta”, em resposta às suas orações. Para Qureshi, esse é um dos principais motivos de tantos muçulmanos se converterem ao cristianismo após ter sonhos.


O escritor diz ainda que a melhor maneira de se aproximar de um muçulmano é com humildade e compreensão, a fim de quebrar a imagem de prepotência e arrogância que os cristãos possuem perante aos adeptos do islamismo, e concentrar a mensagem em Cristo, deixando-os interagir com a fé de forma espontânea e oferecendo suporte.

“Meu foco é falar de Deus que vem a este mundo, o que significa para nós, quem é Jesus, o que ele disse que era e como provou isso”, pontuou Qureshi.

Alerta

Em seu livro, ele afirma que muitos pastores africanos estão se convertendo ao islamismo por falta de conhecimento para argumentar em defesa de sua fé. Segundo informações do Christian Post, Qureshi diz que o povo africano costuma se deixar envolver na fé a partir de argumentos, e por isso, os muçulmanos estão conquistando espaço no continente.


Fonte: Gospel+

Cientistas confirmam que, se a arca de Noé fosse reconstruida hoje para salvar animais, funcionaria perfeitamente

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Com o lançamento do épico Noé nos cinemas, muitos assuntos ligados ao dilúvio e à arca construída pelo homem encarregado por Deus de preservar a Criação da destruição diluviana voltaram a ser discutidos.

Um grupo de cientistas do Reino Unido fizeram um estudo e chegaram à conclusão de que a ideia de um navio carregado de diversas espécies de animais é perfeitamente possível.

“Se você acha que a Bíblia não é necessariamente como uma fonte de informação cientificamente correta, então você ficará bastante surpreso quando descobrir que a arca funcionaria”, afirmou Thomas Morris, 22 anos, estudante que integrou a pesquisa. “Nós não estamos provando que [a arca existiu de] verdade, mas o conceito iria funcionar”, acrescentou.

De acordo com informações publicadas pelo jornal Daily Mail, o grupo de pesquisa era formado por um grupo de estudantes do quarto ano do mestrado do Departamento de Física e Astronomia da Universidade de Leicester.

O relatório aponta que uma embarcação com as medidas descritas na Bíblia flutuaria perfeitamente, mesmo que carregada de animais. Os estudantes destacaram que não se prenderam à ideia de ser ou não possível que todos os animais coubessem na arca, mas apenas testaram sua capacidade de flutuação.


Fonte: Gospel+

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Magno Malta diz que existem 867 projetos no Congresso contra a família e critica proposta de legalização da maconha; Assista

quarta-feira, 2 de abril de 2014 - by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


O senador Magno Malta esteve no programa Vitória em Cristo, apresentado pelo pastor Silas Malafaia, no último sábado, 29 de março, e falou sobre os desafios que a sociedade brasileira enfrentará nos próximos meses, com a possibilidade de votação de projetos que sejam contra o princípio de família.

De acordo com Malta, existem 867 projetos no Congresso Nacional que de alguma forma agridem a família tradicional, assim como os princípios cristãos, assim como o sepultado PLC 122/06, que era tido como uma ameaça à liberdade de crença e expressão.

Sobre o Novo Código Penal, o senador afirmou que existem “incoerências”, como por exemplo, a pena para agressão a animais ser maior do que a pena para agressões a pessoas. Malta também frisou que, se aprovado, o projeto prevê a redução da faixa etária em que se considera abuso sexual contra menores, de 14 para 12 anos de idade.

Magno Malta criticou duramente os projetos do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), que propõe a legalização da prostituição e do consumo da maconha, dizendo que o país poderá se tornar num “paraíso da contravenção” internacional, pois as fronteiras do Brasil são abertas.

No final da entrevista, o pastor Silas Malafaia propôs aos telespectadores que reflitam sobre a necessidade de eleger políticos que tenham compromisso com a defesa da família. Assista:

Fonte: Gospel+

Paciente acorda do coma e afirma ter visto Jesus Cristo: “Eu pude ver Jesus em pé... Ele olhou para mim... Ele me tocou e disse ‘Agora não, minha filha’

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


O testemunho de uma mulher que foi declarada morta e alegou ter visto Jesus enquanto permaneceu inconsciente foi corroborado por um médico. De acordo com o neurocirurgião Michael Minotti, os encontros de quem passa por uma situação como essa são “reais”.

Debbie Cain, moradora do estado norte-americano da Carolina do Norte, afirmou que após seu coração ter “parado durante a cirurgia” de remoção do apêndice, teve uma visão do céu: “Eu comecei a sentir este amor de dentro, era quente e como a luz que eu vi começou a limpar tudo por completo, pude ver Jesus em pé por lá. Ele olhou para mim e sem eu dizer uma palavra, Ele me tocou e disse ‘Agora não, minha filha’. A próxima coisa que eu lembro, é que eu estava acordada em uma sala de recuperação”, testemunhou ao Christian Post.

Debbie afirmou ainda que antes da experiência sobrenatural, não era uma pessoa religiosa, mas agora, não tem mais motivos para duvidar da existência de Deus.

O médico Minotti afirmou que já viu outros pacientes passarem pela mesma circunstância, e por isso passou a pesquisar situações de quase morte em que os pacientes alegaram terem tido encontros com Deus. Sua pesquisa, afirma, o levou a concluir que “há mais evidências de que [os encontros] são reais do que o contrário”.

“Há casos de pessoas cegas que tiveram uma experiência de quase morte. Estiveram clinicamente mortos, e foram ressuscitados, deixando seus corpos e vendo a luz pela primeira vez. Todavia, eles explicam detalhes a respeito dos esforços de reanimação, que de algum modo poderia ter acontecido”, revelou o neurocirurgião, que também abandonou o ceticismo sobre a existência de Deus após sua pesquisa.

Fonte: Gospel+

Obreiro que auxiliava pastor em batismo na praia é levado pelas águas e desaparece

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments

Pastor que realizava batismo escapou de afogamento

Uma cerimônia de batismo na última segunda-feira, 31 de março, numa praia da Califórnia, Estados Unidos, terminou com o desaparecimento de um obreiro, que de acordo com as testemunhas, foi levado pelas águas. Benito Flores auxiliava o pastor Maurigro Cervantes no batismo de um novo convertido, quando uma onda o levou.

O pastor, que é primo de Benito, tentou resgatá-lo, mas a agitação das águas não permitiu que ele o alcançasse. Cervantes e o jovem que seria batizado conseguiram sair do mar ilesos.

Os outros 25 membros da Igreja Jesus Cristo Luz do Céu que acompanhavam a cerimônia da areia acionaram as equipes de resgate para que as buscas pelo obreiro Benito Flores fosse iniciada.

O desaparecimento do homem mobilizou equipes da Guarda Costeira dos Estados Unidos e outras equipes locais de resgate, porém nenhum resultado positivo foi alcançado nas primeiras 24 horas, segundo informações do Christian Post.

O efetivo de resgate que está trabalhando nas buscas por Benito envolvem helicópteros e um navio da Guarda Costeira, botes da equipe de Busca e Salvamento de Santa Barbara, e homens do corpo de bombeiros estadual, que estudam as correntes marítimas para tentar entender para onde Benito poderia ter sido levado.

Fonte: Gospel+

terça-feira, 1 de abril de 2014

Pesquisa científica revela que mentir faz mal para saúde: prejudica tanto o físico quanto o psicológico!

terça-feira, 1 de abril de 2014 - by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Que mentir é pecado todo cristão já sabe, mas que faz mal à saúde nem todos sabiam. Uma pesquisa realizada por psicólogos afirmam que o ato de mentir causa problemas físicos e psicológicos em curto prazo.

Para chegar a essa conclusão os pesquisadores da Universidade de Notre Dame, nos Estados Unidos, analisaram por dez semanas os efeitos da honestidade em uma pessoa.

Foram cem indivíduos analisados com idades entre 18 e 71 anos, os psicólogos dividiram em dois grupos, sendo que metade deles foram instruídos a evitar perguntas que pudessem acarretar em mentiras e a outra metade liberada para enganar.

Semanalmente os responsáveis pelo estudo examinavam os pacientes através de polígrafos e chegaram à conclusão de que o grupo honesto apresentou uma saúde melhor que os mentirosos apresentando em média quatro vezes menos queixas ligadas à saúde mental e três vezes menos reclamações de dores físicas.

A psicóloga que liderou o estudo, Anita Kelly, explicou que a intenção da pesquisa era saber se viver honestamente pode melhorar a saúde já que nos Estados Unidos a média é que cada pessoa minta 11 vezes por semana.

Kelly percebeu que os participantes da equipe honesta conseguiram reduzir o número de mentiras em torno da quinta semana de prática, uma mudança no comportamento que resultou na melhora das relações mais próximas.

Para não mentir muitas pessoas conseguiram contornar perguntas complicadas fazendo outras perguntas e trocando de assunto, em outras condições falar a verdade foi a escolha que fez com que muitos dos participantes evitassem inventar desculpas.

Fonte: gospelprime

No The Noite com Danilo Gentili, pastor Silas Malafaia fala sobre sexualidade, cristianismo; Assista na íntegra

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


O pastor Silas Malafaia esteve no no programa ‘The Noite’, com Danilo Gentili, no SBT, que foi ao ar nesta segunda-feira (31) à meia-noite. Na ocasião, o pastor abordou diversos assuntos relevantes à sociedade, como política, família, futuro dos evangélicos no Brasil, sexo, homossexualismo, impulso, outras igrejas, dinheiro, etc.


Durante a exibição do programa, a participação do pastor Silas foi um dos assuntos mais comentados no Twitter:



Observação: no vídeo abaixo, a entrevista do pastor começa a partir dos 9 minutos e 4 segundos.


Pr. Silas comenta:
O povo de Deus precisa entender algumas coisas. Eu não estava em culto evangélico, dentro de uma igreja, e sim em um programa que tem uma veia de deboche. Será que o deboche no final do programa foi a coisa mais importante? Claro que não! Tivemos a oportunidade de abordar vários temas para um tipo de plateia que não tem as informações que demos. Aqui está o grande valor de participarmos desse tipo de programa.

Os fariseus, saduceus e publicanos debochavam e tentavam contraditar a mensagem de Jesus e Jesus nunca deixou de estar entre eles. Se somos sal, um monte de sal junto salga o que? Mais uma luz onde tem muita luz, ilumina o que? Temos que ser sal e luz no meio das trevas, onde estão os ímpios. Precisamos ter discernimento para entendermos essas coisas!

Onde eu for convidado, independente se o programa é de debochado, de ímpio, gente que odeia nossa fé, ali eu vou estar!

Como digo sempre: NA IGREJA, EDIFICAMOS A FÉ. NO MUNDO, MANIFESTAMOS A FÉ.

Obrigado pelas orações, pelas palavras de incentivo e elogio.

A DEUS SEJA A GLÓRIA!

Fonte: Verdade Gospel

segunda-feira, 31 de março de 2014

Descoberta marca cristã em múmia com 1300 anos! A múmia foi descoberta durante uma escavação arqueológica nas margens do Rio Nilo.

segunda-feira, 31 de março de 2014 - by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments

Descoberta tatuagem cristã em múmia com 1300 anos

Pesquisadores do Museu Britânico divulgaram uma descoberta intrigante na múmia de uma mulher egípcia que viveu por volta do ano 700. Após ser escaneada, revelou que tinha uma tatuagem na coxa com o nome do anjo Miguel, mencionado na Bíblia.

O anúncio foi feito esta semana, durante a apresentação de um projeto de pesquisa que usou tomografia computadorizada para examinar múmias egípcias em estudo sobre doenças.

O corpo da mulher estava enrolada em panos de linho e lã e seus restos mortais foram mumificados no calor do deserto. Segundo os curadores, a tatuagem em sua coxa, escrito em grego antigo, diz Μιχαήλ, transliterado como MIXAHA, ou Miguel.

Os estudiosos apontam que a tatuagem era um símbolo usado para a proteção religiosa. O que está intrigando os especialistas é o que isso significava naquele contexto. Maureen Tilley, professor de teologia na Universidade de Fordham em Nova York, acredita que não é nada de mais, pois “havia uma considerável população cristã no Egito no ano 700, possivelmente eram a maioria da população”.

Contudo, “colocar o nome na parte interna da coxa, como acontece com esta múmia, pode ter um significado que desconhecemos, relacionados a esperanças de proteção contra abuso sexual ou para um bom parto. A mensagem seria: “Este corpo é reivindicado e protegido… Miguel seria uma escolha óbvia, pois seria o mais poderoso dos anjos”.


O professor de biologia da Universidade Villanova, Michael Zimmerman, que também utiliza tecnologias avançadas para estudar múmias egípcias, disse que este tipo de achado é “notável” e que não há registros de tatuagem em outras múmias.

John Taylor, curador principal do departamento de Egito antigo do Museu Britânico disse que o corpo da mulher tatuada, que tinha entre 20 e 35 anos, pode trazer novas informações sobre como vivia a comunidade cristã cerca de 1.300 anos atrás. 

Fonte: Gospelprime ( com informações Fox News)

sexta-feira, 28 de março de 2014

Missionária Iranilde Batista, esposa do pastor Rayfran Batista, recebe linda homenagem das mulheres da AD em Santa Inês no seu aniversário!

sexta-feira, 28 de março de 2014 - by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Neste último sábado, dia 22 de março, foi realizada, no auditório da AD em Santa Inês, uma linda homenagem à missionária Iranilde Batista, esposa do pastor presidente da IEADESI, Rayfran Batista, em virtude de seu aniversário! A missionária, que completou 38 anos, acompanhada de seu esposo, foi surpreendida pelas esposas dos demais pastores do ministério local e por dezenas de mulheres que levaram presentes à aniversariante e lhe ofereceram um grande banquete em comemoração ao seu dia. A surpresa aconteceu às 20hs no auditório da igreja. Parabéns pelo seu aniversário, missionária Iranilde Batista! Que a graça de Deus permaneça sobre você e sua família, conservando-a como modelo a ser seguido por todas as mulheres em caráter, comportamento, humildade, fé e amor à obra de Deus! São os votos da equipe do adsantaines.com e ieadesimaranhao.com.br, bem como de todos o que te admiram como serva de Deus!

Veja abaixo algumas fotos do evento:

"Sabemos onde está a Arca da Aliança", revela Chaim Richman, influente rabino e idealizador do projeto de reconstrução do Terceiro Templo no local original.

- by Pr Rafael Aguiar · - 0 Comments


Em uma longa reportagem feita pelo jornal inglês The Telegraph, ele revelou alguns de seus segredos. Em uma das salas onde estão guardadas as peças principais do novo Templo, repousa a Arca da Aliança.

“Esta não é a verdadeira arca perdida”, diz ele ao repórter. ”Ela está escondida a cerca de um quilômetro daqui, em câmaras subterrâneas cavadas ainda nos dias de Salomão”.

Ele vai mais além “É verdade. Os judeus têm uma cadeia ininterrupta de informações gravadas e transmitidas de geração em geração, indicando a sua localização exata. Há um grande fascínio com a descoberta da arca perdida, mas ninguém pergunta aos judeus. Nós sabemos onde ela está há milhares de anos. Poderíamos escavá-la no alto do Monte do Templo [Moriá], mas essa área ainda é controlada pelos muçulmanos”.

Richman, 54, é o responsável pelo Instituto do Templo, organização que já fez todos os preparativos para sua reconstrução, incluindo as peças que seguem as orientações da Bíblia e o treinamento dos sacerdotes que servirão ali dia e noite. Para muitos ele seria hoje o candidato mais forte a sumo-sacerdote, retomando a tradição que iniciou com Arão, o irmão de Moisés.

Contudo, o novo templo terá algumas diferenças do original. Não no projeto arquitetônico, mas na utilização de tecnologia de ponta. O rabino, por exemplo, usa em seu smartphone um aplicativo especialmente projetado para acender as luzes e abrir as cortinas. Ele também já tem pronto o projeto de um monotrilho, para transportar os visitantes até a porta. Uma caixa d’agua totalmente informatizada para controlar o uso de um bem tão precioso em Israel. Richman explica que basta um toque e a torneira vai liberar a quantidade exata de água estipulada pela lei judaica para as lavagens rituais.


Projeto do Terceiro Templo.

“Não há razão alguma para não usarmos a tecnologia, que é um milagre moderno, juntamente com os milagres celestiais. É parte da nossa visão [do templo] levando em conta a realidade de nosso tempo. Tenho certeza de termos elevadores de última geração e um moderno sistema de controle do estacionamento”, comemora.

Outro motivo de orgulho para o Instituto do Templo são todos os utensílios sagrados já prontos. As vestes do sumo-sacerdote, feitas estritamente segundo a tradição dos levitas, estão prontas. Incluindo as peças de ouro e o peitoral com 12 pedras preciosas. Seu custo foi estimado em quase 450 mil reais. [€ 160.000]. Há também trombetas de prata e harpas de madeira, bandejas para coletar o sangue dos sacrifícios, um incensário e a mesa onde fica o pão ritual. Lá fora, repousa um candelabro cuidadosamente esculpido, com 90 kg de ouro e pesando 1,5 tonelada. Seu custo aproximado foi 3 milhões de reais [€ 1,4 mi].

Os 20 estudiosos do Talmude, que trabalham para o Instituto em tempo integral, elaboraram em detalhes todos os procedimentos seguindo as leis elaboradas cerca de 3.000 anos atrás. O Instituto liderado por Richman afirma que gastou mais de 30 milhões de dólares até o momento. Já se passaram 22 anos desde sua fundação. Aberto ao público, eles calculam que mais de um milhão de pessoas visitaram o local na última década.

Há uma expectativa crescente em Israel pela reedificação do Templo, garante ele. Mas ao mesmo tempo um temor quanto aos extremistas israelenses. Em 1984, um plano do grupo Jewish Underground para explodir o Domo da Rocha foi descoberto pela polícia. Outros palestinos acreditam que a ameaça vem do próprio governo israelense. Já no ano 2000, quando então líder da oposição, Ariel Sharon, visitou o local para enfatizar o controle de Israel sobre a área, iniciou-se a segunda intifada, na qual morreram 1.000 israelenses e 3.000 palestinos.

Nos últimos dois anos, uma série de líderes políticos e religiosos vem lutando para reconquistar o direito dos judeus orarem livremente no Monte do Templo. As tentativas têm gerado conflitos entre árabes e judeus, quase sempre com a intervenção da polícia.

Os líderes palestinos tem acompanhado de perto a situação. “[O desejo judeu é] totalmente inaceitável, e poderia transformar a região em um barril de pólvora”, disse em maio o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas. O Sheikh Mohamad Hussein, o Grande Mufti de Jerusalém foi mais enfático: ”Os muçulmanos na Palestina e em outros lugares do mundo nunca aceitarão essa provocação e vamos impedir isso… Esta é a linha vermelha final para nós. Os israelenses e o mundo devem escutar atentamente o que estou dizendo”.

No entanto, mesmo entre a comunidade religiosa judaica, há quem se oponha. Michael Melchior, um rabino ortodoxo e ex-membro do Parlamento, considera Richman e sua organização “irresponsáveis”. “No momento em que você anuncia que deseja construir um templo, perturba o equilíbrio delicado que nós criamos aqui”.

Porém, muitos questionam as afirmações do Instituto do Templo, e receiam que uma guerra contra os muçulmanos que juram defender até a morte o Domo da Rocha e a mesquita de Al Aqsa, atualmente no local do Templo. Sobre a localização da Arca da Aliança, Shimon Gibson, um arqueólogo renomado do Instituto Albright, em Israel, defende que a Arca foi destruída em 587 a.C. quando os babilônios saquearam Jerusalém e tiraram todo o ouro que estava no templo, derretendo todos os utensílios. Outros estudiosos acreditam que ela foi levada para a África. Uma antiga reivindicação dos cristãos ortodoxos da Etiópia defende que eles são os guardiões da Arca há séculos. Até hoje ela estaria na cidade de Aksum, na conhecida “Capela das Tábuas da Lei” .

As muitas tradições religiosas sobre o local prevalecem entre os judeus mais ortodoxos, e também a confiança nas profecias bíblicas que o Templo voltará ser erguido. Desde a destruição do Segundo Templo, no ano 70, o acesso dos judeus foi severamente restringido ou mesmo proibido por governantes cristãos e islâmicos que governaram Israel.

“Trata-se do território de Deus. O Islã aproveitou nosso exílio e se apoderou do Monte do Templo e diz que os judeus nunca estiveram aqui”, lamenta Richman. “Estamos prontos para restaurar este lugar à sua antiga glória… temos condições de construir o templo se realmente quisermos! Deus deve estar se perguntando o que estamos esperando”.

Com informações de Telegraph.

Compartilhe essa informação!

Inscreva-se aqui

Inscreva-se gratuitamente neste site e receba todas as notícias diretamente em seu email

© 2013 Ieadesi Maranhão. All rights reserved.
Designed by SpicyTricks