Translate this site into your language!

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

ALERTA PARA A IGREJA EVANGÉLICA! Pesquisa aponta que postura de evangélicos sobre a homossexualidade estaria se tornando mais flexível!


A pregação contra a homossexualidade é vista pela maioria dos líderes evangélicos como um princípio inegociável da fé cristã, e segundo estes, a prática não pode ser aceita ou incentivada.
Entretanto, no meio dos fiéis, a postura sobre o tema é mais flexível, segundo um estudo coordenado pela Universidade de Baylor. A pesquisa descobriu que 24% dos evangélicos, apesar de se oporem moralmente contra a homossexualidade, aceitam o reconhecimento ao direito de união civil dos casais gays.
“O que você tem é este aumento de pessoas que saem publicamente e dizem: ‘Eu não quero fazer parte desse movimento contra os direitos gays como um evangélico”, afirmou Lydia Bean, professora assistente de sociologia da Universidade de Baylor e coautora do estudo.
Segundo informações do Huffington Post, o estudo foi baseado em dados de uma pesquisa nacional sobre religião, conduzida em 2010 pelo Instituto Gallup nos Estados Unidos. O relatório do estudo foi apresentado no encontro anual da Associação Sociológica Americana, em Nova York na última segunda-feira, 12 de agosto.
O grupo dos evangélicos contrários à homossexualidade, mas favoráveis aos direitos civis dos homossexuais foi definido como “ambivalente” pelo estudo. Os dados coletados mostram que esse grupo é formado em sua maioria por pessoas de formação escolar mediana, casados, vão aos cultos frequentemente, identificam-se como cristãos renascidos, e leem a Bíblia e oram frequentemente.
Lydia Bean afirma que essas pessoas, de visão mais flexível, ocupam postos importantes nas igrejas, e isso poderia significar que em breve a postura institucional dessas denominações a respeito da homossexualidade sofra mudanças.
“Essas pessoas estão integrados às igrejas. São muito muita gente nos bancos das igrejas, e não mudaram de lado a partir das guerras culturais, apenas não querem presenciar mais essas guerras”, afirmou.
Já Ross Murray, que trabalha com temas relacionados à religião num grupo de defesa dos direitos homossexuais, afirmou que essas pessoas querem o direito a crer que a homossexualidade é errado, mas também não querem ser rotulados como inimigos dos gays.
“Eles não querem que a sua religião seja conhecida como uma religião contra as pessoas. Acho que por um longo tempo, o entendimento foi que, para ser um bom cristão, você tem que ser anti-gay”, disse Murray ao Huffington Post.
Brasil
Um dado semelhante foi apurado no Brasil, numa pesquisa conduzida pelo Instituto Datafolha, que verificou que apenas 24% dos fiéis pentecostais são contra a lei que pune a homofobia.
Os evangélicos pentecostais brasileiros são os que tem perfil mais próximo ao dos “ambivalentes” descritos pela pesquisa feita pela Universidade de Baylor, nos Estados Unidos.
A pesquisa do Datafolha determinou ainda que entre os evangélicos não pentecostais a rejeição à lei que pune a homofobia é ainda menor: 21%.
Fonte: Gospel+

Tags: ,

0 Responses to “ALERTA PARA A IGREJA EVANGÉLICA! Pesquisa aponta que postura de evangélicos sobre a homossexualidade estaria se tornando mais flexível!”

Postar um comentário

Comentários

Compartilhe essa informação!

Inscreva-se aqui

Inscreva-se gratuitamente neste site e receba todas as notícias diretamente em seu email

© 2013 Ieadesi Maranhão. All rights reserved.
Designed by SpicyTricks