Translate this site into your language!

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Pastor Marco Feliciano denuncia ativistas que protestaram contra ele durante voo à Polícia Federal: “Estavam certos da impunidade”!


O pastor Marco Feliciano (PSC-SP) resolveu reagir ao protesto hostil que foi feito contra ele num avião em pleno voo e enviou ofício à Polícia Federal(PF) solicitando a instauração de um inquérito para investigar a postura dos manifestantes.

Na ocasião, Feliciano estava acompanhado de seuassessor e cantor Roberto Marinho, e alguns ativistas cantaram a música “Robocop Gay”, dos Mamonas Assassinas, com coreografias insinuantes e insultos.

No ofício, o deputado federal solicita “providências no sentido de instaurar Inquérito Policial para apurar fatos”, e diz que o protesto foi desrespeitoso: “Fui atacado por um grupo de rapazes que se portavam de forma deseducada e com trejeitos aparentes de homossexuais, com ataques a minha pessoa, inclusive, com contato físico, me tocando, causando danos a minha pessoa, perturbando meu sossego”.

Marco Feliciano diz ainda que, caso os fatos não sejam apurados, é possível que o desrespeito ao cargo que ocupa se torne algo generalizado: “Ações desse tipo, em reação a minha atuação parlamentar causa um grande mal a democracia em nosso Pais, e serve de mau exemplo para os jovens”, diz o pastor.

No documento enviado à PF, Feliciano ressalta que “o Comandante ameaçou retornar o vôo para Brasília-DF” por medo “de um tumulto generalizado”. O deputado diz ainda que não prestou queixa imediatamente após o desembarque em Guarulhos-SP por falta de tempo hábil: “Fui contatado por agentes da Policia Federal que me orientaram a dirigir-me ao posto da PF no aeroporto para registrar os fatos, o que não foi possível no momento devido ao tempo exíguo do novo embarque para o destino final onde tinha um compromisso contratual para ministrar palestra para milhares de pessoas”.

O deputado se mostrou surpreso com a atitude dos ativistas em publicar o vídeo do que chamou de “agressão”: “Os mesmos agressores de forma acintosa, e certos da impunidade, postaram Vídeo, em anexo, gravado por eles mesmos, na internet, vangloriando-se da agressão e citando a não ação da própria Policia Federal, como se vivêssemos num Pais sem lei, e que todos os passageiros do voo, seus tripulantes e o Comandante fossem também obrigados a passar por esses riscos sem nenhuma reação das autoridades”.

O ofício foi enviado por Feliciano à PF na última terça-feira, 13 de agosto, e publicado por sua assessoria na página do pastor no Facebook.

Assista ao vídeo:



Fonte: Gospel+

Tags: ,

0 Responses to “ Pastor Marco Feliciano denuncia ativistas que protestaram contra ele durante voo à Polícia Federal: “Estavam certos da impunidade”!”

Postar um comentário

Comentários

Compartilhe essa informação!

Inscreva-se aqui

Inscreva-se gratuitamente neste site e receba todas as notícias diretamente em seu email

© 2013 Ieadesi Maranhão. All rights reserved.
Designed by SpicyTricks