Translate this site into your language!

domingo, 29 de setembro de 2013

Comentarista esportivo é demitido da Fox Sports por ser cristão e contrário ao casamento gay


O comentarista esportivo Craig James foi demitido de um dos canais da Fox Sports nos Estados Unidos por se posicionar publicamente contra o casamento gay.
Com passagens por outros grandes canais, como ESPN e CBS, James contratou advogados para processar seus últimos patrões, pois considera sua demissão abusiva.
O gerente-geral da Fox Sports SouthWest, Jon Heidtke, procurou Craig James dias após sua estreia como comentarista da liga de futebol americano universitário e afirmou que ele estava demitido devido às suas opiniões sobre o casamento gay, apesar de seu trabalho ter sido bem executado.
“Fiquei chocado que minhas crenças religiosas pessoais não havia sido a única razão para a Fox Sports me despedir. Eu fiquei completamente chocado quando li histórias citando representantes Fox Sports que disseram essencialmente que as pessoas de fé estão proibidas de trabalhar lá. Isso não está certo e, certamente, alguém cometeu um erro terrível”, afirmou James em entrevista à Breitbart News.
Segundo James, em toda sua carreira como comentarista esportivo, manteve conduta profissional e nunca pautou seu trabalho pela sua fé: “Eu tenho trabalhado na transmissão por 24 anos e sempre trataram os meus colegas com respeito e dignidade, independentemente da sua origem ou crenças pessoais. Eu acredito que é essencial para o nosso negócio de manter relações profissionais com pessoas de origens diversas e ter tolerância para aqueles de diferentes crenças. Eu nunca discuti a minha fé durante as transmissões e isso nunca foi um problema, até agora”, lamentou.
O motivo da demissão foi uma opinião emitida pelo comentarista em abril de 2012, durante um debate sobre o casamento gay. À época, James afirmou que “as pessoas escolhem ser gay…. Eu acho que é uma escolha. O casamento do mesmo sexo, se alguém quiser fazer isso, isso é feito. E Deus vai julgar cada um de nós nesta sala por nossas ações. E, nesse caso aí, eles vão ter que responder a Deus por suas ações”, afirmou.
No entanto, a emissora emitiu um comunicado afirmando que a demissão do comentarista se deu porque ele causava divisões de opinião no público: “No Fox Sports nós respeitamos todos os pontos de vista, e apesar dos relatos em contrário, a decisão de não mais usar Craig James em nossa cobertura de futebol universitário foi simplesmente porque ele não era um bom ajuste para a Fox Sports. James é experiente e conhecedor, e é uma figura polarizadora na comunidade de esportes da faculdade. Infelizmente, a decisão de usá-lo não foi devidamente examinada, e como resultado, ele deixará de fornecer comentários sobre a cobertura de futebol universitário da Fox Sports Southwest”.
A entidade Liberty Institute publicou uma carta aberta destinada a funcionários da Fox Sports em defesa de Craig James, pedindo que o comentarista fosse reintegrado imediatamente: “A decisão de demitir Craig James por causa de suas crenças religiosas é uma grave violação da liberdade religiosa e uma afronta a todos os americanos que apreciam esse princípio fundamental da liberdade americana. Se vocês se recusam a reintegrar o Sr. James, milhões de norte-americanos ficarão com a impressão de que vocês não respeitam a liberdade religiosa e o Liberty Institute será forçado a buscar opções legais subsequentes”, alertou, de acordo com informações do Charisma News.
Fonte: Gospel+

Tags: ,

0 Responses to “ Comentarista esportivo é demitido da Fox Sports por ser cristão e contrário ao casamento gay”

Postar um comentário

Comentários

Compartilhe essa informação!

Inscreva-se aqui

Inscreva-se gratuitamente neste site e receba todas as notícias diretamente em seu email

© 2013 Ieadesi Maranhão. All rights reserved.
Designed by SpicyTricks