Translate this site into your language!

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Milhares de fiéis formam escudo humano para impedir demolição de igreja na China


Para evitar a demolição de uma igreja recém-inaugurada, milhares de cristãos formaram um escudo humano em torno do templo na província de Zhejiang, na China. As autoridades do país haviam ameaçado demolir a igreja por considerarem a construção muito grande.

Localizado na cidade de Wenzhou, o templo da Igreja Cristã Sanjiang custou mais de US$ 4,8 milhões e levou seis anos para ficar pronto. A cidade é considerada uma das que mais concentram cristãos no país.

De acordo com Charisma News, milhares de fiéis se reuniram em frente à igreja na última sexta-feira, 04 de abril, para evitar que as equipes de demolição tivessem acesso ao templo. No grupo haviam idosos e deficientes.

“Eu dormi aqui ontem à noite e eu vou fazer o mesmo outra vez esta noite. Nós colocamos dois bancos juntos, então foi tudo bem. Sentimo-nos em paz e sem medo quando estamos com o nosso Deus”, afirmou Ele Hongying, um senhor de 81 anos, membro da igreja.

A polêmica decisão de demolir o templo foi tomada por um secretário do Partido Comunista, que governa o país. Na opinião do político, o tamanho da igreja era excessivo. “Quando o secretário Xia Baolong visitou as áreas locais, ele encontrou a cruz no topo da igreja muito visível. Assim, ele ordenou que fosse demolida. Em seguida, os funcionários do condado Yongjia exigiu que a igreja derrubasse a cruz e o topo da igreja”, afirmou Zheng Leguo, um dos líderes de jovens.


A partir daí, centenas de policiais com tratores cercaram a igreja na quinta-feira à noite, 03 de abril. Alguns fiéis, no entanto, já estavam no local. “Eu segurei suas mãos e disse: ‘Camaradas, não derrubem a nossa cruz. Posso dar-lhe a minha cabeça em vez disso”, afirmou Yang Zhumei, 74 anos, uma das fiéis no local. “Mesmo que eles tomam minha cabeça, eu ainda posso encontrar a felicidade com Deus”, acrescentou a idosa.

A Igreja Cristã Sanjiang faz parte do Movimento Patriótico das Três Autonomias (MPTA), uma organização cristã protestante da China que é reconhecida pelo governo. De acordo com analistas políticos locais, a ordem de demolição da igreja é “altamente incomum”, justamente pelo fato de a denominação não ser considerada irregular.

Em novembro de 2013, quase duas dezenas membros de igrejas pertencentes ao MPTA, incluindo um pastor, foram presos na província de Henan, em uma repressão contra o ativismo comunitário da denominação local. Os cristãos que frequentam reuniões domésticas e formam a chamada “igreja ilegal” na China são aproximadamente 80 milhões, e estão sujeitos a perseguição religiosa.

“Apelamos às autoridades na província de Zhejiang de rescindir imediatamente as suas ordens para a demolição de Igreja Cristã Sanjiang. Esta igreja foi legalmente construída e tem todo o direito de existir em uma nação que afirma fortemente, pelo menos em parte da comunidade internacional, a respeitar a liberdade religiosa de seus cidadãos”, declarou Ryan Morgan, gerente regional na Ásia da International Christian Concern (ICC), entidade que atua na proteção aos cristãos.

Fonte: Gospel+

Tags: , ,

0 Responses to “Milhares de fiéis formam escudo humano para impedir demolição de igreja na China”

Postar um comentário

Comentários

Compartilhe essa informação!

Inscreva-se aqui

Inscreva-se gratuitamente neste site e receba todas as notícias diretamente em seu email

© 2013 Ieadesi Maranhão. All rights reserved.
Designed by SpicyTricks